Rock Star - S.C. Stephens

quarta-feira, 19 de abril de 2017
Ano: 2016
Páginas: 512
Editora: Valentina

Sinopse: Ele é intenso, complicado e perigoso. Ele é demais! O único lugar onde Kellan Kyle sempre se sentiu em casa foi no centro de um palco. Tocando guitarra num bar escuro, ele consegue esquecer o passado doloroso. Nos últimos tempos a sua vida se resume em três coisas: música, seus companheiros de banda e intensos encontros sexuais. Até que uma mulher muda tudo... Kiera é o tipo de garota que Kellan jamais deveria desejar -- ela é inteligente, doce, e também a namorada do seu melhor amigo. Convencido de que nunca conseguirá merecer o amor dela, ele esconde a sua crescente atração... até que o coração atormentado de Kiera oferece a Kellan algumas pistas de que os sentimentos dele podem ser correspondidos. Agora, não importam as consequências, Kellan tem uma certeza: não vai deixar Kiera escapar sem lutar por ela. Em Intenso Demais, Kiera contou sua história. Agora é a sua vez ouvir a versão pela boca do “rock star” sexy que cativou fãs do mundo inteiro.

Esse foi um dos 13 livros que eu comprei no dia das mulheres <3 e estava muuuuito animada para ler, porque quando li a trilogia Intenso Demais, eu devorei um por um e cheguei a ler o primeiro volume em uma noite. Juro. Eu amava Kellan naquela época e achava ele lindo e maravilhoso. Claro que existem muitos defeitos e que na vida real eu acho que não namoraria com um cara como ele haha mas eu amei o joguinho que ele e Kiera faziam entre eles.

Agora eu li tudo o que aconteceu pela visão dele. Tinha certeza que eu ia me apaixonar ainda por mais por esse cantor problemático. Só que não foi bem assim. Tive muitos pensamentos contraditórios quanto ao livro e pelo ponto de vista dele... Muitas coisas se tornaram até perigosas. Eu vou explicar melhor mais para frente. Eu só sei que não era tudo o que eu esperava e eu precisei de um tempo para poder assimilar melhor a minha opinião sobre ele.

A trama principal é de um triângulo amoroso.
Kellan Kyle é o vocalista da banda D-Bags e tem muitos problemas emocionais. Não consegue se apegar a ninguém e vê no sexo uma maneira de se ligar emocionalmente com uma mulher. Mesmo que dure poucos segundos, para ele é necessário se sentir querido, mesmo que nenhuma das garotas que ele leve para casa saibam mais do que o seu nome. Aliás, muitas vezes ele não sabe o nome das garotas, mas para ele está ok. Vive nessa vida há muito tempo e não é agora que isso vai mudar.


Sua infância foi pesada e sofreu muito nas mãos de seus pais. Sofreu todos os tipos de fraturas e seu corpo vivia dolorido e roxo pelos castigos que seu pai aplicava. Até que um garoto australiano o fez ter o melhor ano de sua vida! Denny passou um tempo como intercambista de casas. Ele praticamente salvou a vida de Kellan e ele o devia o mundo! Faria tudo por esse amigo.

Até que anos depois, ele recebe uma ligação de Denny. Alguns dias depois, ele e a namorada, Kiera, estão alugando o outro quarto de sua casa. Não poderia ser melhor. O amigo de tantos anos está ali extremamente feliz com o trabalho e com a namorada. Garota que logo de inicio mexe com os sentimentos de Kellan, mas que ele sabe ser zona totalmente proibida. Ele a tem em seus sonhos e nada mais.

Conforme os dias foram passando, a amizade dele e de Kiera vai ficando diferente. Ainda mais depois que Denny precisa viajar por causa do trabalho e fica alguns meses fora. Kellan percebe que ela fica carente e com muita raiva do namorado. Até que a pior coisa entre eles pode acontecer: os dois acabam passando uma noite juntos.
"Obrigado por arrancar meu coração. Obrigado por me mostrar algo que eu nunca poderei ter. Obrigado por parecer tão bonita esta manhã, isso me faz querer arrancar os olhos. Obrigado por não me enxergar como algo além de uma liberação"
Depois disso é só ladeira abaixo. Denny volta para casa, mas Kellan não consegue esquecer Kiera e ela não consegue negar o desejo que sente por ele. Um fica provocando o outro e levando o outro ao limite. Até que eles acabam atracados de novo. É um ciclo para os dois e que parece não ter fim. O problema é que Kellan se apaixona por Kiera e entrega seu coração para a namorada de seu melhor amigo. Como isso pode ser certo?


Esse tema principal me deixou louca enquanto lia o primeiro livro. Eu sou apaixonada nessas coisas de triângulo amoroso e de um ficar tentando o outro. Porém entretanto todavia, nesse livro não bateu. Eu achei que a visão dele seria melhor ainda. Que me mostrasse um lado dele mais legal e que eu fosse me apaixonar perdidamente por Kellan Kyle. Só que alguns pensamentos e algumas atitudes, vistas pelos olhos dele, se tornaram machistas e em uma parte até parecia abuso.
"É chato ver alguém se aproximando do que você quer, não é? Seja bem-vinda ao meu mundo"
Os pensamentos dele são extremamente depressivos e ele sofre o livro inteiro, praticamente. Sofre de amor, mas mesmo assim... Cansei muito! Havia muitas partes iguais a do primeiro livro, que eu queria muito ler pela visão dele e que gostei bastante, mas era tanta reclamação e fundo do poço, que ficou difícil ver aquelas letras miúdas em 509 páginas e não querer pular nenhuma parte.

É até difícil escrever essa resenha e falar essas coisas, porque acabou estragando a visão que eu tinha da trilogia. Sem falar que em várias vezes eu fiquei com muita raiva dele e da Kiera. Principalmente dela. Até entendi o motivo dele ficar sempre tão nervoso com ela, porque ô mulher indecisa do inferno. Ou quer um ou quer outro. Os dois ao mesmo tempo não dá, querida! Só que logo em seguida ficava com raiva de Kellan também e no final das contas fiquei com raiva de todo mundo.

Por um lado, isso é bom, porque significa que a autora conseguiu transmitir o que Kellan estava sentindo, mas ao mesmo tempo... Ai, muito chato hahaha Acabou com a minha ideia de astro do rock lindo maravilhoso e problemático hahaha Por mais que essa imagem também não seja boa.

Algumas passagens são bonitinhas e me fizeram sorrir ou rir com alguns personagens, mas se você gostou da trilogia, não acho que vale a pena estragar a imagem de Kellan e até de Kiera lendo essas 509 páginas por causa de poucas partes boas de verdade. Agora eu quero mesmo é ler o livro de Griffin hahaha Mas isso já é um outro assunto ;)


Queria ter dado 10 estrelas, mas não consegui. Sei que algumas pessoas também não vão conseguir ler até o final. Quando terminei até deu um alívio haha E pra quem gosta de saber da parte gráfica do livro: as letras são muito pequenas. Jesus. Muitas páginas para tanta letra. Talvez se o livro fosse menor e contasse só as partes importantes meeeeesmo, teria saído maravilhoso. Porém...

Bom, se alguém já leu o livro, por favor, me contem o que acharam! Quero saber se eu fui a única a achar isso haha Beijinhos :*



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. Oi, Mari!
    Só na parte do triângulo já me desanimou. Aí vem o cara na sofrência o livro todo, afunda o barco de vez. Meu namoro terminou recente, então fujo demais de livros assim hahhahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  2. Ahim, eu tô louca pra ler esse livro porque eu AMEI a trilogia.
    Gostei muito mesmo. Eu adoro essas coisas de triângulo amoroso! Kkkkkkkkkk
    Amo uma chororô.
    Que pena que pra você não funcionou muito. Mas eu ainda estou bem ansiosa.
    Eu queria ler o livro do amigo de banda dele, parece ser mto legal. Até comecei em inglês, mas parei.
    Espero que a editora lance.

    Beijos!!!
    Seu blog é lindo!!!
    Literatura Estrangeira

    ResponderExcluir
  3. Olá, Mari!
    Eu li apenas o primeiro livro da trilogia e faz muuito tempo. É muito estranho quando nos apaixonamos por um personagem e anos depois vemos como ele é bobo, né? Hahah. Eu também adoro triângulos amorosos e quando um fica tentando o outro, haahh.
    Eu fiquei bem dividida com a história quando eu li, porque não achava certo as atitudes dos dois.
    Eu não sou muito chegada em reler livros, mas queria dar continuidade na história. Você acha que se eu ler esse, ao invés de reler o primeiro, vai dar algum problema?

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem? Fiquei interessada pelo livro, parece ser uma ótima estória. Porém desanimei um pouco por saber que, além do livro ser grande, tem letras pequenas... Enfim, adorei a resenha, de qualquer forma!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  5. Nunca li a trilogia e nem esse livro, mas já ouvi comentários muito positivos. Mesmo assim não tenho vontade de ler :/

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  6. eu ja vou falando: que capa maravilhosa eh essa senhorrr
    eu ainda nao li nenhum livro da trilogia, mas a partir da sua resenha eu fiquei interessada em pegar p ler, so fiquei desanimada qnd tu disse das letras pequenas kkk, mas um dia eu supero

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo