A Garota do Calendário: Fevereiro - Audrey Carlan

quinta-feira, 4 de agosto de 2016
Ano: 2016
Páginas: 135
Editora: Verus

Sinopse: Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal.
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil. 
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser... 
Em fevereiro, Mia vai passar o mês em Seattle com Alec Dubois, um excêntrico artista francês. No papel de musa, ela vai embarcar em uma jornada de descobertas sexuais e lições sobre o amor e a vida que permanecerão com ela para sempre.

E vamos ao segundo mês do longo ano de Mia Saunders. 

Eu não estava super animada para ler esse livro, porque não tinha achado o primeiro tão legal assim (você pode ler a resenha dele aqui). Só que ler o segundo, me fez criar um sentimento pelo primeiro que eu nem sabia que existia dentro de mim hahaha Sério, isso é verdade e já vou explicar melhor o motivo disso. Como o livro é bem curtinho, não vou ficar enrolando muito para começar a resenha... Então, vamos conhecer o próximo homem da vida de mia?

Dessa vez, a missão de Mia é muito mais simples do que a primeira. Com Wes ela tinha que participar de vários eventos e se vestir de maneira impecável. Com Alec Dubois seria bem diferente. Ele, um pintor famoso, a contratou para que ela fosse sua musa. Logo que chega ao estúdio dele, ela já percebe que as coisas serão diferentes, pois há vários modelos pelados circulando pelo espaço. Antes mesmo de conhecer Alec, ela já está se questionando sobre a besteira que fez por ter dito sim à uma coisa louca daquelas, já que ela não iria tirar a roupa e ficar andando por aí como as outras pessoas.


Assim que se dá conta do trabalho que terá que fazer, acaba machucando o pé e tem que passar grande parte do mês com ele imobilizado. Só para ajudar ainda mais. Assim que conhece Alec, um francês galanteador lindo de morrer, percebe que, talvez, esse mês possa valer a pena. Ele a trata de maneira impecável e logo descobre que o apartamento dele é no mesmo prédio que o estúdio. Ou seja, não precisará ficar saindo tanto quanto quando estava com Wes. 
"Alec Dubois era um cara bizarro. Quem fala assim? 'A manifestação física da nossa união'? Ele deve ter passado muito tempo lendo o Yahoo! Respostas."
Aliás, Wes... Ah, Wes. Que saudades de você. Tanto por parte de Mia quanto por parte da leitora que vos fala hahaha Conforme os dias foram passando e ela vai posando para Alec, eu fui percebendo que estava odiando a proximidade dos dois. Eu queria Wes. Eu queria que os dois ficassem juntos e eu senti falta do primeiro livro. Isso me surpreendeu, pois eu não tinha gostado tanto assim. Mas agora eu fico esperando encontrar Wes nos outros livros e não quero que ela fique com mais ninguém hahaha


Óbvio que nesse segundo volume, temos também o problema de se apaixonar e de como os dois se envolvem. Não com a mesma fragilidade do primeiro, muito menos com tanta intensidade. Na verdade, é mais como um teste. Uma tentativa para saber o que poderia rolar. O famoso “e se”.

É uma leitura super rápida e que me instigou a ler o próximo. Que, aliás, chegou em casa ontem <3 hahaha Foi o que eu disse, se você não gostou muito do primeiro, dê uma chance ao segundo, porque ele vai te fazer torcer por Wes. Ele vai te mostrar que mesmo não concordando com tudo o que ela faz, queria ver se fosse você no lugar dela hahaha

Não esqueçam de deixar seus comentários! De me contarem tudo o que acharam, hein?! Beijinhos <3



Mari Zavisch
23 anos. Estudante de jornalismo, amante de livros e fotografia. Harlan Coben é meu amorzinho literário e me apaixono por qualquer personagem de livros ♥
4 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

4 comentários:

  1. Mari, que coisa mais diferente essa hahaha.
    Fiquei rindo aqui com você ler o segundo e ter sentimentos pelo anterior que nem sabia ter. Mas entendi seu lado.
    Eu confesso que não tenho interesse em ler esses livros, ainda mais em saber que são 12. Para mim foi mais uma jogada de marketing do que qualquer outra coisa. Enfim, não me senti atraída para ler, mas adorei sua opinião a respeito.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br - Escolha o livro do Top comentarista e participe.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari!

    Também estou na torcida pelo Wes, mas é bem capaz da Mia não terminar com ninguém rsrsrs De qualquer forma vou continuar acompanhando!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi, Mari!
    Bom... já dei minha opinião sobre essa série na outra resenha.
    Vi que você está lendo Confess. Amei esse livro!
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

 
© Galáxia dos desejos, VERSION: 02 - BLUE FLOREST - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Dear Maidy
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo